sábado, 13 de outubro de 2012

Séries preferidas


A ideia para esta postagem surgiu quando fiz a resenha do livro Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J. K. Rowling, aqui no blog. Não tenho muita paciência para ler sagas completas, mas leio mesmo assim, com o pensamento de que talvez eu goste. E muitas vezes esse pensamento se mostra correto. Por isso, decidi colocar aqui minhas sagas preferidas.




Harry Potter
Como não amar a série mágica que tia J.K. escreveu com tanto carinho? Na resenha de Harry Potter e a Pedra Filosofal, falei um pouco de como amo cada um dos livros. Acompanhando a vida do bruxinho Harry durante seus sete anos em Hogwarts [spoiler] e os 19 anos depois[/spoiler], me apaixonei por cada personagem, cada lugar, cada criatura. Conheci Hogwarts aos cinco anos, com a primeira adaptação para o cinema e, até hoje, aguardo minha carta.
Voltando um pouco à história da série, Harry Potter é composto por sete livros e leva o nome do personagem principal, um órfão britânico que mora com os tios e, aos onze anos, descobre que é um bruxo, assim como seus pais. Com a descoberta, Harry vai para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, onde aprende a lidar com a mágica. Mas também há uma história por trás de sua cicatriz, um corte em forma de raio na testa, e da morte de seus pais, que morreram quando Harry ainda era um bebê. Cada livro acompanha um ano da vida do bruxinho, tanto na Rua dos Alfeneiros, número 4, quanto em Hogwarts e em outros lugares por onde Harry passa.
Além dos sete livros principais, há também alguns "extras", como Os Contos de Beedle, o Bardo, relacionado ao último livro da série (Harry Potter e as Relíquias da Morte), que traz os "contos de fadas" para crianças bruxas. Os outros dois livros publicados fora da série são Criaturas Mágicas e Onde Habitam e Quadribol Através dos Séculos. O primeiro traz informações sobre as criaturas do mundo mágico, e ajuda a entender alguns fatos da saga relacionados a animais. O segundo é sobre o Quadribol, esporte do mundo bruxo.
Realmente, de todas as séries que eu li, Harry Potter é a minha preferida.

Jogos Vorazes (Hunger Games)
Outra série muito boa, Jogos Vorazes traz um novo conceito de "Reality Show". Os doze distritos de Panem, a cada ano, enviam dois tributos, um menino e uma menina que tenham entre 12 e 18 anos, aos Jogos Vorazes, evento da Capital transmitido a todo o país em que os tributos lutam até a morte, restando apenas um vencedor.
Parece um pouco sombrio, mas, sob a visão de Katniss Everdeen, moradora do Distrito 12, o mais pobre de Panem, os três livros tornam-se fascinantes. Achei o primeiro livro, que leva o nome da série, mais interessante. Os outros dois, Em Chamas e A Esperança, são um tanto quanto repetitivos em relação ao anterior. Mas, mesmo assim, são muito bons.
A série demorou um pouco para me cativar, mas isso não é motivo para desconsiderar a saga. Hunger Games, que teve a adaptação de seu primeiro livro para o cinema, é emocionante, simplesmente indescritível. Embora tenha seus pontos fracos, mereceu estar entre minhas séries preferidas.


Existe mais uma série de que gosto muito, mas não tanto se comparada a Hunger Games ou Harry Potter. Logo mais farei um post sobre essa saga com a turma dos Invencíveis, que me encantou com sua mescla de realidade e ficção. Mas só quando eu pesquisar mais livros sobre o assunto... Então farei um post semelhante a  Livros que se passam na Alemanha nazista.



Um abraço,



**Encontrou um erro? Envie um e-mail para eulivro.tulivras@gmail.com comunicando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chega mais! Quero saber sua opinião!